Marca autêntica: como construir a sua?

Como ter uma marca com personalidade e autenticidade?

Você já pensou em ter uma marca autêntica, com personalidade, que vende e é sempre a escolha das pessoas.

Uma marca autêntica se constrói em cima de atributos e valores que só pertencem a ela. Sabe aquilo que é muito a sua cara? É a partir daí que se constrói essa autenticidade, essa personalidade.

 

Mas o que são atributos de marca?

Atributos são adjetivos ou características pelas quais as pessoas identificam e se referem à sua marca, e que traz memorabilidade. Ou seja, é tudo aquilo que, ao ser lembrado, remete imediatamente à sua marca. São características estéticas e funcionais que as pessoas percebem e associam a você, à sua marca.

 

Como externalizar esses atributos?

Para externalizar é preciso comunicar de forma consistente tudo o que é a “cara” da sua marca. Isso quer dizer que você pode sim repetir elementos, cenários, ações, bordões etc.

Nas redes sociais, por exemplo, tudo o que você faz ou comunica com repetição, vira sua marca. Ou seja, todos os rituais que você mostra acabam fixando na mente das pessoas.

Por isso, todas as vezes que as pessoas se depararem com esses elementos ou atitudes, elas vão lembrar rápida e imediatamente de você e da sua marca.

 

Quer saber mais sobre como se posicionar melhor na internet? Clica aqui!

 

Como começar para ter uma marca autêntica de verdade?

O ponto de partida é fazer um diagnóstico de marca. Isso significa fazer uma pesquisa com as pessoas ao seu redor para entender como elas te veem ou veem a sua marca.

Esse é um exercício poderoso, em que você deve pedir às pessoas que caracterizem a sua marca (ou você mesmo) através de adjetivos simples. Você pode, inclusive, usar as redes sociais para fazer isso.

A partir disso, você entenderá como as pessoas te enxergam, para intensificar ações ou até mesmo mudar a rota – caso os adjetivos que te descrevam não sejam aqueles que você deseja externalizar.

 

O próximo passo é definir a rota

A partir da compreensão de como as pessoas te enxergam, e de como você quer ser visto, você deve definir o tom da sua comunicação, os elementos que vai usar, suas atitudes etc.

Isso porque tudo o que você comunica, seja em posts, em falas, precisa estar trazendo esses atributos. Do contrário, o seu posicionamento será uma mistura de atributos e características sem clareza e direção. Essa mistura causa confusão na cabeça das pessoas e não as ajuda a fixarem você (ou sua marca) na cabeça delas.

 

E como isso acontece?

Isso tudo acontece através do poder da associação. Muitas vezes, automaticamente as pessoas vão apenas olhar um objeto, ouvir uma música, ou mesmo sentir um cheiro e vão lembrar de você.

A associação é uma das armas mais poderosas que nós temos na “guerra” pela mente das pessoas. Lembre-se sempre: quando falamos de posicionamento é fundamental despertar sensações nas pessoas.

 

Mantenha seus atributos

Para finalizar, um ponto-chave é manter seus atributos de marca constantes. Da mesma forma que você faz as coisas com repetição, não é interessante ficar mudando os atributos da sua marca.

Isso porque, se esses atributos forem modificados constantemente, as pessoas não vão conseguir fixá-los na sua mente. Por isso, seja intencional na sua comunicação, nas suas atitudes, no seu posicionamento.

 

Agora, é só começar.

 

Espero ter te ajudado!

 

Até a próxima,

Gabi Archetti.