A diferença entre Branding e Marketing

Por que Branding e Marketing não são a mesma coisa?

A diferença entre Branding e Marketing está diretamente ligada com o que esses conceitos trabalham.

Marketing tem a ver com ganhar mercado, estratégias para vender o produto. Branding está ligado à construção de valor, da reputação da marca.

Mas como isso funciona na prática?

 

Onde está a grande diferença entre Branding e Marketing?

Só falar dos benefícios do produto não é mais um diferencial, o Branding entra para gerar esse valor, como diferenciação. Isso quer dizer que é oferecer o intangível ao seu cliente. 

Na verdade, o Branding vem como uma estratégia de base ao Marketing. Eu até posso dizer que ele vem antes do Marketing. 

Isso porque ele mexe com sentimentos, percepções e sensações. É o foco na experiência do cliente, antes mesmo de ele consumir ou pensar em consumir algum produto ou serviço.

Ou seja, é a conexão que você gera com o seu cliente

E é aí que está a grande diferença entre Branding e Marketing.

O marketing vai direcionar a empresa para o mercado. Para pensar em estratégias para vender produtos e serviços que tenham benefícios para o que o cliente precisa e deseja. E o Branding vem trazer o intangível, o valor que você gera na vida das pessoas

Grosseiramente falando: poderíamos comparar o Marketing com o preço e o Branding com o valor

 

E o que a diferença entre Branding e Marketing tem a ver com isso?

O Branding envolve todas as ações que você faz com a sua marca para fortalecer o nome e a reputação da sua marca. E daí vem a pergunta que eu sempre faço: Como você quer ser visto?

O Branding mora aí!

Quando você pensa no que fala, no que veste, na sua identidade como marca, você está pensando em estratégias de Branding.

Gosto muito de dizer que todo mundo é uma marca. Então, todas as suas ações precisam ser intencionais e estratégicas se você quer fortalecer a sua marca.

E um ponto muito importante: Branding não é o que você fala da sua marca, mas como as pessoas percebem a sua marca, o que elas sentem sobre a sua marca. É a imagem que você constrói na cabeça das pessoas. Por isso, você precisa fortalecer o como você quer que sua marca seja vista pelas pessoas

 

Então, o que é o Branding hoje?

Antigamente, ligava-se o Branding apenas a logotipos, paletas de cores etc. Mas hoje a gente sabe que isso não é suficiente para as pessoas te perceberem como uma marca, e como um diferencial. 

Hoje, para você criar um posicionamento forte na cabeça das pessoas, você precisa de uma série de ações intencionais e estratégicas para construir na cabeça das pessoas sentimentos e percepções que vão fazer com que você seja a escolha delas. 

No Branding, a gente precisa utilizar estratégias de comunicação para conectar o cliente com a marca, gerando uma percepção de valor e relevância para essa pessoa. 

Ou seja, com o Branding a gente vai guiar e direcionar as pessoas a perceberem nossa marca como de fato a gente quer que ela seja reconhecida no mercado, pelos nossos clientes ideais. 

Então, se você quer ser uma marca desejada pelas pessoas, reconhecida no mercado, é preciso desenvolver essa percepção de valor com estratégias de Branding. 

Se você quer saber um pouco mais sobre Branding, acesse esse artigo aqui.

 

E onde entra o Marketing?

O Marketing vai te ajudar com conteúdo para redes sociais, propagandas diretas etc. É a divulgação do seu negócio. 

Mas, um é mais importante que o outro? E a resposta para isso já deve estar clara na sua mente. 

Não, nenhum dos dois é mais importante. Os dois precisam caminhar juntos, para que você possa realmente conquistar o seu cliente ideal e vender para as pessoas certas. 

 

Então, para finalizar, qual é a diferença entre Branding e Marketing mais fundamental?

O Marketing vai te tornar conhecido, e o Branding vai te tornar reconhecido. 

 

Espero que tenha te ajudado!

Até a próxima, Gabi Archetti.